Termos de marketing digital que todo profissional dessa área deve conhecer

Conforme a gente vai se aprofundando nos estudos, seja em qualquer área, é normal que vão surgindo termos que até então desconhecemos. E podemos dizer que no Marketing Digital isso talvez aconteça em maior quantidade, já que estamos falando de uma área relativamente nova e que está em constante mudança.

 

Então, pensando em te ajudar a desvendar cada um desses termos, criamos aqui uma lista com os 35 termos de Marketing Digital mais utilizados pelos profissionais dessa área e que acreditamos que todos que querem investir ou trabalhar nesse ramo devem conhecer também.

 

Após conferir essa lista podemos garantir que você nunca mais ficará perdido ao ler um texto sobre Marketing Digital ou quanto estiver no meio de uma conversa onde as pessoas usam siglas como SEO e SEM.

marketing-digital-1

E aí… Pronto para entender um pouco mais sobre Marketing Digital? Então vamos à lista!

 

  1. Marketing Digital

Para começar, nada melhor do que o termo que engloba todos os demais que vamos explicar aqui.

Bem, mas vamos começar pelo começo. O Marketing você já sabe que se trata do processo que visa conhecer as necessidades e desejos dos potenciais clientes, para então desenvolver produtos ou serviços que atendam a essas necessidades, não é mesmo?

Então, agora o Marketing Digital fica simples: ele nada mais é do que o nosso bom  e velho Marketing, só que praticado na internet.

 

  1. Marketing de Conteúdo

Trata-se de uma estratégia para engajar seu público-alvo, aumentando sua rede de clientes e potenciais clientes através da criação de conteúdo relevante e valioso para essas pessoas; para, por fim, gerar mais vendas.

 

  1. Inbound Marketing

Esse conceito costuma ser frequentemente confundido com o anterior, mas, na verdade, eles não significam a mesma coisa.

O conceito de Inbound Marketing é também conhecido como Marketing de Atração e o objetivo desta estratégia é permitir que sua marca seja encontrada online; seja pelos mecanismos de busca ou pelos sites e mídias sociais.

E a confusão entre os dois termos vem do fato que essa atração que o Inbound Marketing tem por objetivo acontece, principalmente, por meio da criação e compartilhamento de conteúdos que são relevantes e úteis para o público-alvo, ou seja, por meio do Marketing de Conteúdo.

 

4. Outbound Marketing  

Ao contrário do Inbound, que busca atrair os clientes por outros meios, o Outbound Marketing é a prospecção ativa de clientes; é quando a empresa já inicia a conversa falando sobre o que tem para vender.

Vale dizer ainda, que apesar de ser o oposto do Inbound Marketing, as duas estratégias podem ser combinadas.

 

  1. Marketing Viral

Recebe esse nome as campanhas que têm um conteúdo que acaba sendo muito compartilhado, gerando um buzz. O termo “viral” vem justamente de vírus, devido a capacidade do conteúdo se espalhar rapidamente, atingindo um grande número de pessoas.

 

  1. E-mail Marketing

O e-mail marketing, uma das ferramentas mais antigas do marketing digital, é também uma excelente ferramenta de comunicação: rápida, segura e popular. Consiste no envio de e-mails em massa, para uma lista. Mas é preciso ter em mente que é preciso ter a autorização do receptor da mensagem e enviar conteúdo que, de fato, seja do interesse dele; caso contrário, vira SPAM.

 

  1. Smarketing

Trata da união do departamento de Marketing com o departamento Comercial de uma empresa, a fim de trabalharem juntos, focados no objetivo final, que é gerar mais vendas.

 

  1. SLA

Service Level Agreement, ou Acordo de Nível de Serviço, consiste em um acordo de nível de serviço. Este acordo tem como meta especificar, em termos mensuráveis, quais os serviços e o suporte que o fornecedor terá que oferecer ao contratante até o final do contrato.

 

  1. CTA

A sigla significa Call to Action, ou seja, Chamada para a Ação. São funções de uma página que levam os usuários a realizar alguma ação, como o próprio nome já diz. O objetivo é que seja algo chamativo, para fazer com que o usuário clique onde você deseja.

 

  1. Funil de vendas

O funil de vendas é uma das partes mais importantes do seu processo de marketing de atração. Trata-se, basicamente, do processo de acompanhar o público-alvo desde o momento em que ele toma conhecimento de seu negócio, até a efetivação da venda, ou seja, é a criação de um percurso que o cliente deve seguir, até efetuar a compra, objetivo final de todo processo de venda.

 

  1. Lead

O lead é um usuário que adquiriu algo gratuito, como um ebook, infográfico ou uma vídeo-aula, por exemplo, em troca de fornecer algumas de suas informações pessoais à sua empresa. Portanto, ele é um potencial cliente da sua empresa.

 

  1. Persona

É a criação de um cliente fictício, com as características do seu público-alvo. Toda sua estratégia de Marketing será elaborada baseada neste cliente.

 

  1. Landing Page

Também conhecida como página de captura, refere-se a uma página que oferece algo, com o objetivo de atrair o usuário e, em troca, conseguir seus dados de contato. Uma Landing Page para ser considerada eficiente precisa  oferecer conteúdo de qualidade, que seja realmente relevante para o público que você deseja atrair.

 

  1. Conversão

Uma conversão é quando você consegue aquilo que esperava alcançar com sua estratégia de Marketing. Exemplo: quando uma pessoa se cadastra na sua página de captura para baixar seu e-book, significa que você conseguiu uma conversão.

 

  1. CMO

Sigla para Chief Marketing Officer, que nada mais é que o Diretor de Marketing, que coordena as ações de Marketing da empresa.

marketing

  1. CRM

Sigla para Customer Relationship Management, que pode ser traduzido como Gestão de Relacionamento com o cliente. Consiste em uma estratégia de negócio com o foco no cliente, ao invés de focar nos próprios produtos ou serviços oferecidos.

 

  1. Teste A/ B

Consiste em uma técnica para analisar qual alternativa em uma página resulta na melhor conversão.

Para realizá-lo o profissional divide o tráfego de uma página em duas: a original e uma “variante” (na qual mudará algum elemento da página original que queira testar, como por exemplo, a cor de fundo). Então destinará 50% dos usuários para visualizar a página original e 50% a página “variante”. A partir daí, tem-se a página que gera mais conversão.

 

  1. CAC

Sigla para Custo de Aquisição de Clientes. Consiste em um cálculo que mede o custo que uma empresa tem para adquirir um novo cliente.

 

  1. LTV

Significa Lifetime Value, ou valor do tempo de vida do cliente. Consiste em um cálculo para estimar o potencial de receita de um cliente.

 

  1. Link Building

Consiste no conjunto de técnicas de SEO, que visa conseguir links de outros sites, aumentando a popularidade e a autoridade do seu site nos buscadores, como o Google, o Yahoo ou o Bing, por exemplo. Em outras palavras, é mostrar para os mecanismos de busca que seu site é relevante e por isso merece estar bem posicionado.

 

  1. ROI

Sigla para “Return on Investment”, ou “Retorno sobre Investimento”. É um cálculo para verificar se os investimentos da empresa estão sendo lucrativos ou não.

 

  1. Materiais ricos

É uma parte da estratégia de Marketing de Conteúdo e consiste em oferecer material com conteúdo relevante para o usuário ou que soluciona algum problema que o usuário possa ter.

 

  1. SEO

O significado de SEO é Search Engine Optimization. Mas em português ele é conhecido apenas como Otimização de Sites. Consiste em técnicas para melhorar um site, com o objetivo de conseguir que ele fique nas primeiras posições dos mecanismos de busca orgânica.

 

  1. Links Patrocinados

Consistem naqueles anúncios que ficam no topo dos mecanismos de busca, acima dos resultados das buscas orgânicas. E para se manter ali as empresas pagam por isso.

 

  1. SEM

O significado de SEM é Search Engine Marketing. Consiste no conjunto de técnicas de Marketing na Internet, que tem por objetivo a promoção de um site nos mecanismos de busca; engloba SEO e Links Patrocinados.

 

  1. CPC

Significa Custo por Clique e é uma das maneiras de pagar pelos Links Patrocinados nos mecanismos de busca. Como o próprio nome já diz, você paga somente quando um usuário clica no seu link.

 

  1. CPM

Significa Custo por Mil Impressões e é outra maneira  de pagar por anúncios patrocinados.

Por se tratarem de campanhas em sites com grande fluxo de visitantes, essa estratégia é mais indicada para empresas que já possuem uma estrutura de marketing mais evoluída. Consiste no pagamento a cada 1000 vezes em que o anúncio é exibido.

 

  1. CPA

Significa Custo por Ação e é uma forma de investimento onde só se paga quando alguém consome o anúncio, ou seja, quando o visitante clica no anúncio que o levará para o site do anunciante e conclui a ação proposta, como, por exemplo, quando a pessoa que clicou assina a newsletter ou efetua um cadastro.

Para melhor entendimento, podemos comparar o CPA a uma comissão que a empresa paga pelo retorno que aquele anúncio lhe deu; que, como pode ser visto no exemplo, não precisa ser financeiro.

 

  1. Bounce Rate

É a “taxa de rejeição” de um site. É uma métrica muito importante para avaliar a eficácia das ações de Marketing Digital e saber o que otimizar.

 

  1. Growth hacking

Já muito utilizado fora do país, o Growth hacking ainda é um termo pouco conhecido por aqui. Ele consiste em técnicas que mesclam o marketing com o desenvolvimento do produto, com o objetivo de fazer crescer o número de usuários de um produto ou serviço.

 

  1. Métricas

As métricas são parâmetros que mensuram a performance de um site ou de uma campanha de Marketing Digital. Vale dizer também, que para as métricas apresentarem resultados reais, estas devem ser acompanhadas por um determinado período.

 

  1. KPI

Sigla para Key Performance Indicators, ou em português, Indicadores-chave de Desempenho. Consiste em uma ferramenta de gestão para se realizar a mensuração e o consequente nível de desempenho e sucesso de uma organização ou de um determinado processo. É uma espécie de métrica essencial para o sucesso do seu negócio.

 

  1. Mídias Sociais

As Redes Sociais Online, inicialmente espaços virtuais de interação entre usuários, hoje são muito mais do que isso: são uma maneira de interação entre pessoas, mas também entre empresas e essas pessoas; é uma maneira das marcas se aproximarem do público-alvo, já que nesse ambiente as pessoas costumam estar mais descontraídas e receptivas.

 

  1. UX

Sigla para User Experience; em Português, experiência do usuário. Consiste na percepção que o usuário tem quando está no seu site: é de fácil navegação? O produto que ele procura é facilmente encontrado? As especificações estão claramente definidas? E por aí vai…

 

  1. NPS

O Net Promoter Score consiste em uma metodologia criada com o objetivo de realizar a mensuração do grau de satisfação e fidelidade dos consumidores de qualquer tipo de empresa.

 

Agora que você já conhece os 35 termos mais usados no marketing digital, que tal começar a aplicá-los na sua estratégia de marketing, para ver se você entendeu tudo mesmo?