20 Dicas para Criar Conteúdo de Qualidade para seu Site

 

Se você trabalha com marketing digital ou tem um negócio na internet, já deve saber a importância de ter conteúdo de qualidade no seu site, blog e redes sociais, não é mesmo? A produção de conteúdo exerce grande influência nos visitantes do seu site e deve ser prioridade, uma vez que é o conteúdo de qualidade o que vai garantir que os clientes entrem no seu site e retornem.

Vale dizer também que a mensagem pode – e deve – ser adaptada à linguagem do receptor. Porém, ainda assim, há cuidados que precisam ser tomados em qualquer tipo de texto, como a atenção às regras de português; independente do nível cultural do receptor da mensagem, é crucial se atentar para o bom uso da língua.

Quem trabalha na área da escrita sabe que escrever não é algo fácil. Mas, para a felicidade de todos, há algumas maneiras de simplificar esse trabalho. E mesmo que você contrate alguém para escrever os textos sobre sua empresa, os artigos do seu blog ou as postagens de suas mídias sociais, ainda assim é preciso que essa pessoa tenha um caminho já traçado para seguir.

Pensando nisso, separamos aqui 20 dicas simples, para você conseguir criar conteúdo de qualidade para o seu site e atrair mais clientes até ele.

São dicas que funcionaram para mim e para todas as pessoas para as quais tive a oportunidade de transmitir esse conhecimento. Agora cabe a você descobrir nessa lista o que funciona para você, e assim, desenvolver seu próprio método para uma escrita mais eficaz. Confira!

marketing-digital

  1. Crie tópicos

Liste em tópicos todas as ideias que lhe vierem à mente, mesmo as que parecerem não se encaixar às demais nesse primeiro momento; e depois vá tentando desenvolver cada um desses tópicos.

 

  1. Mantenha sempre papel e caneta por perto

Boas ideias não marcam hora para aparecer. Quantas vezes você já pensou em algo brilhante e depois esqueceu? Muitas, né? Pois é… acontece com todo mundo! Mas se você tiver sempre um bloquinho e uma caneta por perto vai poder anotar qualquer ideia que vier a mente e que lhe parecer boa. Assim, suas chances de deixar aquela ideia brilhante escapar reduzem muito.

 

  1. Recolha-se e faça uma coisa de cada vez

Muitas pessoas reclamam de não conseguirem desenvolver um texto. Mas aí, quando vamos analisar a situação, a pessoa está escrevendo com o rádio ligado, o Facebook aberto… enfim, com diversas distrações ao redor. Escrever requer um certo recolhimento.

 

  1. Evite ficar em cima do muro

Ao escrever, tenha sempre sua opinião sobre aquele determinado assunto. Evite colocações que não levam a lugar nenhum, como: “O Presidente Michel Temer é o melhor para o país, mas talvez a Presidente Dilma Roussef também fosse.”. Não seja extremista, mas também não fique em cima do muro! Posicione-se e tenha embasamento teórico para o seu posicionamento!

 

  1. Encontre SEU jeito de escrever

Desenvolva um jeito próprio de escrever e tente segui-lo em todos os seus textos. Esqueça o que a maioria está fazendo e seja você mesmo!

 

  1. Desenvolva SEU método

Não importa se o resto do mundo acha que não dá para você trabalhar criando mil tópicos para depois escolher só cinco deles para desenvolver, ou enchendo a mesa de post-it com ideias que vêm a mente. Se esse é o método que dá certo para você, siga-o!

 

  1. Crie uma rotina de trabalho

Quem trabalha na área de redação, muitas vezes trabalha como freela ou no esquema de home office. Então, é muito importante que você, mesmo que não tenha horários pré-definidos e trabalhe de casa, crie uma rotina de trabalho, para evitar que perca muito tempo só pesquisando determinado assunto e nunca comece a escrevê-lo de fato.

 

  1. Dê prazos a você mesmo

Crie um limite de tempo para você terminar cada artigo. Assim você evita as enrolações e distrações.

 

  1. Não se cobre demais

Nem todos os dias acordamos super dispostos e cheios de ideias, não é mesmo? Às vezes, por mais que a gente tente e se esforce, parece que nenhuma boa ideia vai surgir. Então, quando acordar em um desses dias, desista de escrever! Isso mesmo: desista! Deixe para depois, para outro dia e aproveite esse tempo para pesquisar sobre o assunto, ou, caso seu prazo seja grande, procure até mesmo fazer outras coisas, como sair, encontrar com os amigos, se divertir… Assim, quando voltar estará com a cabeça descansada e poderá se dedicar ao que precisa.

 

  1. Discuta suas ideias

Sempre que possível discuta suas ideias, seja com os amigos, com a família, com a balconista da padaria ou com a pessoa que sentou ao seu lado no transporte público. É sempre bom estar cercado dos mais variados pontos de vista.

 

  1. Leia bastante

Essa parece meio óbvia, mas para muita gente não é. Muitos começam a escrever sobre algo que não dominam, apenas lendo uma determinada fonte; o que é perigoso. Então, se você não domina determinado assunto, pesquise sobre ele nas mais diversas fontes possíveis. E mesmo que você domine o assunto sobre o qual vai escrever, se puder, leia o que estão falando sobre ele por aí; busque se atualizar sempre!

 

  1. Use outros conteúdos como base, mas sem cópia

Não há nada errado em basear-se em outros conteúdos já escritos. Mas existe uma grande diferença entre “usar como base” e “copiar”. Então, sempre coloque o SEU posicionamento no seu texto.

 

  1. Estude quem está fazendo bem o trabalho que você faz

Conheça os melhores nesse ramo, leia seus textos, aprenda com eles e, se possível, tenha como meta aperfeiçoar o trabalho que eles já fazem bem.

 

  1. Compre conteúdo

Sim, você também pode comprar conteúdo pronto para seu blog ou site! Mas lembre-se de sempre citar a fonte onde o conteúdo foi publicado originalmente.

 

  1. Ouça seu público-alvo

Quem melhor do que seu público-alvo para te dizer o que ele quer ler? Então peça ajuda sem medo. Mande e-mail, peça ajuda nas redes sociais, faça enquetes… Enfim, veja a melhor maneira ou combine algumas delas e receba feedbacks, dicas e ideias incríveis das pessoas que já leem seu conteúdo. E, claro, como todo relacionamento é uma via de mão dupla, você precisa oferecer algo em troca dessa ajuda do público; que pode ser um artigo, um e-book ou um vídeo ensinando algo que eles queiram saber.

 

  1. Aceite as opiniões diferentes

Há um ditado popular que diz: não dá para agradar a todos. E é a mais pura verdade. E não seria diferente para os seus textos. Então aceite que, não importa o quanto você dê o seu melhor, alguém sempre estará insatisfeito. Saiba ouvir, aprender com as críticas construtivas e ignorar as que não são.

 

  1. Não tenha medo de errar

Arrisque-se! Posicione-se! Faça o que seu coração mandar! E se der errado, desculpe-se e tente de novo. As coisas certas só acontecem para quem tenta!

 

  1. Lembre-se: para cada meio, uma linguagem

Não dá para usar a mesma linguagem em um jornal de circulação nacional, um jornal de bairro, um site e uma fanpage.

 

  1. Não se esqueça: todo texto para internet é uma venda

A internet, em especial, tem suas peculiaridades em relação aos outros meios de comunicação. Não importa se você está vendendo produtos, serviços ou ideias, um texto na internet tem que cumprir seu objetivo de venda, de atrair o cliente até seu site, seu blog ou suas redes sociais.

 

  1. Tente quantas vezes forem necessárias

Se o primeiro texto ainda não parecer bom, tente de novo, de novo e de novo… Tente quantas vezes forem necessárias, até você sentir que aquele texto cumpre seu objetivo.

 

Agora que você já sabe como criar conteúdo de qualidade, que tal escolher a fórmula que melhor funciona para você e colocá-la em prática?